Opinião – Blog é sinônimo de dedicação

Para inaugurar a nova seção no blog, nada melhor do que falar da blogosfera literária. Uma escolha um pouco arriscada, mas acho que posso falar com a autoridade de quem passou um bom tempo acompanhando blogs como leitora, e que depois decidiu enveredar pelo mesmo caminho.
Minha posição aqui não é criticar posturas, nem ficar polemizando com blog X ou Y que tem milhares de seguidores para virar assunto no twitter e emails, mas apontar algumas coisas que acho positivas e negativas, especialmente para quem tá começando.

Percebi ao longo de 2010 que a blogosfera cresceu numa proporção surpreendente, especialmente se pensarmos que o Brasil ainda não é exemplo de país leitor. Problemas educacionais a parte, pude perceber duas características para esse crescimento:

1) O sucesso de blogs que ganharam muitos leitores, e que acabaram por inspirar muitos desses a criar seu próprio espaço para compartilhar com o mundo seus pontos de vista sobre suas leituras e afins;
2) O sucesso das promoções promovidas pelos blogs, que em grande parte tinham o “patrocínio” de editoras.

Sim, acho que já era de se esperar que onde se tem conseguido boa colheita de trigo, apareça muito joio para ser catado. Muitos foram os blogs que apareceram, pediram parcerias com editoras, conseguiram, pegaram vários livros para resenhar e não duraram 3 meses. Por que isso?
Bem, tem muita gente de má fé no mundo, e muitas delas tem acesso a internet, não é? Acredito que uma parcela dos novos blogs que surgiram ao longo do ano passado e que foram “abandonados” tiveram origem com pessoas que só queriam lucrar, seja para uso pessoal, seja para vender os livros adquiridos em sebos.

Mas e as pessoas que não começaram com essa ambição e má fé, e que acabaram largando seus blogs em tão pouco tempo, o que aconteceu com elas? Só nos resta especular, já que não fiz (ainda) um censo. Porém, acredito que a razão mais forte tenha sido a falta de dedicação.
Tem gente que passa a acompanhar blogs, os acham interessantes, querem ter um também, criam um, postam bem durante os primeiros dias, depois vão relaxando até que esquecem ou desistem da ideia. Eu mesma já padeci desse mal, comecei e larguei (exclui) vários blogs, o Nooblândia é o que tá sobrevivendo a mais tempo, e devo isso em parte às amizades feitas nesse meio.

O que essas pessoas não sabem é que os blogs que se mantem a um longo tempo, tem milhares de seguidores (e costumam lançar muitas promoções, porque conseguem parcerias por terem tantos seguidores) postam conteúdo com regularidade. São blogueiros que estão sempre lendo, que se dedicam a escrever resenhas, procuram autores para entrevistar, quebram a cabeça para trazer novidades e conquistar mais leitores.

Não adianta criar um blog hoje, postar durante as férias, e abandonar no primeiro mês de aula. Para um blog conquistar um público regular tem que postar sempre, para não cair no esquecimento. Assim como o melhor exercício para um escritor é escrever sempre, manter a disciplina, o melhor exercício para o blogueiro é escrever.
Mas Bibs, ando tão sem tempo para ler muitos livros, não tenho como postar resenhas todos os dias!
E eu digo a você: te entendo! Se for fazer um levantamento de quantas resenhas postei durante 2011, você vai ver que foram poucas, ainda mais se for conferir no skoob quantos livro li. Para tentar me manter com pelo menos uma resenha por mês, entrei no Desafio Literário e não dei conta. Vou tentar novamente esse ano, mas resolvi meu problema criando um calendário de postagens.

E o que outros blogueiros fazem? Convidam leitores para se tornarem colaboradores, passam a abordar outras áreas, como cinema e moda, mas estão se mantendo ativos. E no final das contas, embora eu não concorde com algumas dessas posturas tomadas, eles estão certos. Afinal, o número de postagens deles foi muito superior ao meu; e quantos acessos (nem falo em seguidores) eu consegui? Poucos, se compararmos aos outros blogs. Por que?
Porque deixei meu blog de lado devido a problemas pessoais, preguiça, monografia, enfim, vários motivos. Porque não me dediquei como queria, e como  consequencia, não cresci como queria.

Criar um blog é fácil, difícil é manter!

Ser blogueiro é ter disciplina. E não, não é ser escravizado pelo blog. Basta acompanhar um blog grande, especialmente pelo twitter do blogueiro responsável, que você percebe que ele sai da frente do pc, que faz atividades fora. Muitos estudam, trabalham, ou ambas as coisas, se divertem dentro e fora da blogosfera. E isso é talvez a coisa mais importante para continuar blogando: se divertir!
Se você começa um blog e fica se martirizando com aquele sentimento de obrigação, perde a paciência facilmente… fica a dica: feche seu blog e arrume outra coisa para fazer (a não ser que seja um masoquista, ai a história é outra).
Poucas exceções, continuar blogando não vai pagar suas contas, então se não é uma atividade prazerosa, não há razão para insistir.

Para não me estender mais, e acabar perdendo o foco, se você está começando agora, ou planeja iniciar nessa blogosfera, pense com carinho se é uma boa ideia. Se vai ter tempo, se vai ser bom para você. Você pode começar testando sua escrita resenhando livros no Skoob, tenta ser colaborador de algum blog, acompanhar sua rotina e perceber se é isso mesmo o que quer.
Assim como é chato quando começamos um projeto de vida e não conseguimos concluí-lo, é chato começar um blog e deixá-lo ao relento.

E você? Concorda comigo?

Anúncios

4 thoughts on “Opinião – Blog é sinônimo de dedicação

  1. Adorei seu ponto de vista! Comecei o Books and Other Things há bastante tempo, e também fico um pouco frustrada porque ele não cresceu como eu gostaria, principalmente em comparação com blogs que foram criados na mesma época. Mas eu sei que não me dediquei o suficiente. E eu adoro quando eu me dedico ao blog. Adoro escrever resenhas, mostrar a minha opinião, entrar em contato com escritores e editoras, fazer amigos, conhecer outros blogs. Adoro tudo isso, e é por esses motivos que eu não larguei o blog, apesar dos apesares.

    Concordo contigo, também, que tem muita gente de má fé que acha que blogar é fácil. Que é só postar qualquer coisa todo dia, fazer parceria com várias editoras, pedir vários livros para resenha, e depois não dar conta. Ou que tem gente que, quando vê como são necessárias dedicação e paciência, não aguentam e desistem. Fico feliz por ser uma blogueira que não desistiu, e por você ser uma destas, também.

    Enfim, concordo com praticamente tudo o que você falou, e espero que as pessoas pensem bem antes de criar um blog, para que a blogsfera só aumente e melhore, sempre e sempre kk.

    Beijos,
    Samantha
    Books and Other Things – http://livroseetecetera.blogspot.com/

    • Adorei seu comentário Samantha!
      Bom saber que mais pessoas concordam e não é loucura minha hahahaha
      Blogar é maravilhoso, me ajudou a encontrar um novo mundo, a usar meu tempo na internet melhor, conhecendo mais pessoas com gostos parecidos, fazendo amizades. Pena que pra alguns parece que isso virou comércio informal de livros =(
      Pretendo falar mais sobre a experiência de manter um blog, espero que acompanhe ^_^

      beijos
      bibs

  2. E ponha dedicação nisso, Bibs!
    Dedicação e paciência.
    Sempre dá aquela vontade de desistir e, confesso: já sucumbi a ele vááááááááááárias vezes. Nunca tive um blog por mais de um ano, por exemplo, mas é aí onde mora a diferença entre blogs “famosos” ou não. Você tem que se esforçar, pesquisar muito, escrever bastante, perseverar e não desistir!
    Mas blogar é algo maravilhoso mesmo. Compartilhar sua opinião e sentimentos é indescritível!

    Um beijo, flor!

  3. Acho que o Skoob também é responsável pelo boom de blogs literários. E quero crer que se pode fazer sucesso com um blog literário sem recorrer a editoras parceiras pra fazer promoção, pra ter mais seguidores, pra puxar saco de lançamentos, pra mais editoras parceiras e etc…

    Muitos blogs não passam dos 3 meses, mas também dos que passam tem muito blog agregador de link. Se formos contar a qualidade em si até de gigantes da blogosfera literária, você encontra tapa buracos, mas com um q divertido. O que acontece é que eles acharam boas táticas e se tornaram um blog de entretenimento, de diversão literária. Mas pra quem tá trilhando o caminho das pedras da blogosfera, basta seguir o conselho de metablogs e esperar. Sucesso e reconhecimento vem com o tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s