A Estrada da Noite, de Joe Hill

Adoro ser surpreendida lendo novos autores e gêneros que ficaram de lado por um tempo.

Aconteceu que A estrada da noite foi um desses livros que procurei não saber muito do que se tratava, pra não criar expectativas. Só sabia que Joe Hill é filho de Stephen King, mas nem se ele trilhava o mesmo caminho do pai eu sequer procurei saber.

Uma lenda do rock pesado, o cinqüentão Judas Coyne, coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta.

Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora.
Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em A estrada da noite – e nada é exatamente o que parece.
Ancorando o sobrenatural na realidade psicológica de personagens complexos e verossímeis, Joe Hill consegue um feito raro: em seu romance de estréia, já é considerado um novo mestre do suspense e do terror.

Cortei algumas coisas da sinopse, porque ele entregava demais.
No começo da leitura fiquei um pouco confusa, até me acostumar com a ambientação desses itens macabros da coleção do Judas Coyne. Ele vivia numa fazenda em Nova York, junto de seus cachorros, a namorada da vez, Geórgia, e seu assistente, Dan.

Ao longo de muitos anos de carreira, Judas montou uma coleção e tanto, como podem ver no comecinho da sinopse.  Um belo dia, Dan recebe um email de um leilão na internet, e o objeto era um terno de um morto. Mas não era um morto qualquer, e Judas só vai descobrir isso depois que recebe o pacote em casa.

Aos poucos vamos conhecendo os personagens dessa história, e boa parte do passado de Judas é diluída na medida em que o cara morto intensifica sua perseguição. Acontece que o fantasma não é um qualquer, ele tem um forte motivo para querer levar Judas pela estrada da noite. Um espírito vingativo e poderoso que encontra em Judas um rival poderoso.

O livro é de terror, mas é muito divertido. Ou eu tenho uma mente doentia, ou o terror só funciona (quando funciona) no cinema. Mas não interpretem mal, o livro é divertido, mas é cheio de cenas tensas. Como lia ele antes de dormir, perdia a hora facilmente, chegando até às 4h da manhã dizendo para mim mesma “só mais essa página”.

Para um primeiro livro, Joe Hill acertou em cheio. Conseguiu uma boa história com uma trama tensa, mas sem grandes complexidades, um protagonista carismático (só achei ruim descobrir no meio do livro que o cara tinha uma barba que ia até metade da barriga, sempre preferi os roqueiros de cara limpa e cabelão – não vou mentir rsrsrs) e um antagonista perfeito.

Sério, adorei o fantasma. Não bastava querer vingança, tinha que ser um hipnotizador não é?! Imagina a loucura que é lutar para não morrer na mão de um fantasma que consegue entrar na sua mente facilmente! Eu não sei se teria tido a mesma fibra que Judas teve.

Se Judas morre? Bem, leiam para saber. O livro é realmente excelente, já quero ler O Pacto só porque foi Joe Hill que escreveu!

Só de relembrar os capítulos finais deu vontade de reler, vou acabar comprando o livro, já que li o ebook. (ps: vi que está por R$9,90 na Submarino, e eu estou lisa!)

Anúncios

One thought on “A Estrada da Noite, de Joe Hill

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s