Opinião: Em defesa do ChickLit

Bom domingo a todos!

Voltei com as postagens no Opinião, vamos ver por quanto tempo né?! Se não se incomodarem, poderei trazer algumas discussões que vou tendo lá no mestrado. Tem uma aula sobre mitos que acho que seria bem bacana de explorar alguns pontos por aqui 😉

Não quero me estender muito sobre isso, talvez eu diginvolva o tema para o site Coletivo Cult.

Eu sai de uma leitura de fantasia (O Príncipe Gato, do Beto Luca) e dei de cara com um chick lit (não sabe o que é? dá uma olhada aqui). Apesar de eu ser quase um menino para algumas coisas, não resisto a um bom chick lit!

Chick Lit, ou “literatura de mulherzinha”, como muitos preferem chamar, é a Sabrina, Bianca, Diários da Princesa, Diário de Bridget Jones, etc, que tem um público feminino enorme. Geralmente envolvem situações amorosas, romances românticos mesmo, com muita confusão e muito açúcar para suas leitoras se deliciarem.

Eu costumo ler bastante chick lit, quase equiparado ao tanto que leio de fantasia. Mas por que uma defesa do chik lit? Bem, muita gente olha com cara feia para o gênero, achando que ele é uma porcaria que nem deveria existir por desonrar tudo aquilo que conhecem como boa literatura. Mas por que o chick lit não é bom?

Antes de qualquer coisa, devemos pensar que se o chick lit ainda é uma fatia enorme do mercado – basta ver o número de publicações em versões normais e de bolso/banca que saem ao longo do ano – e é uma leitura leve, na maioria das vezes (né Nicholas Sparks?! rsrsrs), ele acaba atraindo mais pessoas. O bom da literatura de entretenimento é que ela diverte e consegue envolver muito mais do que a literatura canônica.

Cânone é ruim? Não, mas é indiscutivelmente mais denso. Fantasia > Chick lit? Não mesmo! São linhas diferentes, até podemos ler alguns chick lit’s com o sobrenatural presente, mas o foco das obras é outro. Antes de apontar o dedo pra uma obra e ficar fazendo juízo de valor, temos que ver onde ela se enquadra. É como comparar Crepúsculo (vampiros) com Harry Potter (bruxos)… Viu que não rola?! Parece que muitos leitores gostam de dar murro em ponta de faca!

E outra coisa, se você não gosta de romances melosos, só gosta de ficção científica, por que se importar com os romances? Eles estão te ofendendo? Sua biografia não autorizada foi publicada como chick lit? Então colega, cuide de procurar resenhas do seu gênero preferido, blogs sobre ele, pessoas que tem o mesmo gosto e seja feliz discutindo com seus pares.

Não incomode uma pessoa que gosta de ler romances açucarados porque você não gosta de lê-los, isso é imaturo e ridículo, para falar o mínimo. =]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s